Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

http://osbastidoresdavida.blogs.sapo.pt

Decoração . Arquitetura . Design . Inspiração

O Alentejo ganhou uma nova casa de férias

16-950x633.jpg

crop-1-950x633.jpgtodas as imagens . all images

Hoje apresento nos bastidores uma casa de férias portuguesa com certeza, assinada pelo meu ex-professor do último ano de curso, o Arquiteto Manuel Aires Mateus.

Situada acima da vila de Melides, com vistas panorâmicas para o mar, este conjunto de quatro estruturas em betão, relativamente isoladas no meio de uma colina, entre pinheiros, oliveiras e carvalhos, são uma reinterpretação da arquitetura vernacular portuguesa do Alentejo num estilo minimalista e contemporâneo.

new-1-950x633.jpgnew-2-950x633.jpg

new-3-950x633.jpg

Três das estruturas que compõem a casa são suítes e a quarta é onde se encontra o coração da Alentejo Beach House, com a cozinha, sala e mais um quarto duplo. Todos os quartos possuem um pátio privado com vista para o mar. A cereja no topo do bolo é atribuída à piscina de 18 metros de comprimento onde se poderá contemplar o magnifico pôr-do-sol no Atlântico! O interior de paredes brancas foi decorado numa mistura de mobiliário moderno e vintage.

 

7-950x633.jpg8-950x633.jpg

15-950x633.jpg

17-950x633.jpg

Esta não é porém uma opção de casa de férias para qualquer carteira. Com valores a rondarem os €570/noite em época baixa e os €785 em época alta, mínimo de 3 noites ou uma semana respetivamente, esta casa pode alojar até 8 pessoas respeitando privacidades e mantendo a comodidade de todas.

Mais um projeto vencedor pelo gabinete Aires Mateus

 

2 comentários

  • Imagem de perfil

    Os bastidores da vida 03.08.2016 12:14

    Conforme mencionei no artigo, não é para qualquer carteira. Mas também não está acima dos valores que se praticam no turismo de luxo, se dividirmos o valor de uma noite por 8 pessoas (as que cabem neste conjunto de casas), chegamos aos valores deste tipo de serviço.

    Quanto à estética da casa, na minha opinião não agride a paisagem nem entra em conflito com nenhuma outra edificação existente porque é uma casa isolada que se inclui discretamente na paisagem.

    Sendo um edifício para uso comercial acredito que todo o processo de licenciamento decorreu de forma clara.
    Já não penso assim de muitas construções que aparecem debaixo dos nossos olhos totalmente descontextualizadas e despropositadas.
  • Comentar:

    Mais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.

    Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

    Arquivo