Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

http://osbastidoresdavida.blogs.sapo.pt

Decoração . Arquitetura . Design . Inspiração

Uma ilustração especial

header_site.png todas as ilustrações . all illustrations

 

Na passada quinta-feira lancei o meu website muito pessoal, muito daquilo que sou e muito daquilo que faço.

O design do site esteve a cargo de Bay Tree Branding (claro). Queria um espaço descontraído que fosse a minha cara. Queria fazer o encontro de todo o meu trabalho como que um currículo ou uma apresentação. Queria mostrar um pouco de mim, do que me mantém viva, do que me faz querer mais, do que me inspira e motiva. Queria mostrar a minha realidade diária como mãe, mulher e trabalhadora em casa. Mas não queria fazer deste quotidiano maluco um drama ou uma coisa muito séria... porque na verdade não é.

 

Decidi fazer o site através do Wix (em breve falarei desta plataforma), por ser uma opção mais prática. Não queria nada de extraordinário, queria uma navegação simples, com poucos enredos, rápido de construir, ainda mais rápido de atualizar, com possibilidades de crescer se fosse preciso e, principalmente, pouco dispendioso.

Quando desenhei o formato do site, o que precisava de incluir, como iria funcionar, e qual o aspeto que iria ter, decidi que teria de o interligar visualmente com os meus dois blogues (este e o outro) mas que, em simultâneo, teria uma identidade própria. Foi então que pensei na inclusão de uma ilustração, ilustração essa que daria as boas-vindas ao visitante no meu jeito informal de ser.

 

Falei então com a Mafalda. Acompanho o trabalho da Mafalda desde a Nuts for paper e agora mais recentemente também através de A outra mafalda, sou fã das suas ilustrações. Quando pensei na ilustração não tive a menor ideia de que teria de ser um desenho dela. Felizmente aceitou o desafio e no meio do muito trabalho que tinha lá foi encaixando as minhas exigências.

june favourites nuts for paper a outra mafalda ske

 

Teria de ser uma imagem que me mostrasse como mãe, mulher e trabalhadora. Teria de mostrar o meu ambiente caseiro de trabalho e o quanto as coisas se tornam às vezes meio loucas quando se trabalha com crianças em casa. Quando se vive longe da família não dá para as pendurar umas horas e ter um pouco de silêncio e concentração.

Teria de dizer tudo de mim, daquilo que me enche as medidas e me faz feliz. Daquilo que gosto de fazer e onde gosto de estar.

Com todos estes requisitos a Mafalda superou-se e fez-me muito mais eu do que aquilo que [hoje] me sinto como eu.

 

É tão engraçado vermo-nos num desenho que muitas vezes não nos reconhecemos. A minha avaliação do trabalho que ela me foi mostrando foi difícil, o homem da casa teve de ser chamado a opinar. Emitir uma opinião critica a respeito do que fazemos é difícil, fazê-lo em relação ao que somos é quase impossível.

 

O site foi inaugurado e eu estou muito feliz com o resultado. Está informal, simples e prático. É sem dúvida uma imagem de mim, do meu trabalho e do meu cenário diário. Conta a minha história, o meu percurso e, intrinsecamente, expõe os meus sonhos. Não deixes de visitar Cris Loureiro blogs e sente-te convidado a dizer um olá se assim o desejares.

Dá uma vista de olhos também ao trabalho da Mafalda na sua loja etsy e acompanha o seu mundo no delicioso blogue Nuts for paper

 

Save

Save

Arquivo